Blog do Cabral Jornalismo Diferente

SINSERV vai ao presidente da Câmara Municipal e garante apoio ao Projeto de Lei 03/2021

“O meu entendimento é sempre pelo trabalhador”, afirma Dudé, ao se comprometer com a aprovação do PL 03/2021 

 

 

O presidente da Câmara Municipal de Vitória da Conquista, Luís Carlos Batista de Oliveira, popular Dudé (MDB), recebeu em seu gabinete a diretoria do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Vitória da Conquista (SINSERV).

Em pauta, o Projeto de Lei 003/2021, que tem como finalidade o incentivo ao aprimoramento da formação profissional. Na prática, um abono de 10% (dez por cento) para todo servidor efetivo, independente da escolaridade exigida. Proponente da reunião, a presidente do SINSERV, Lúcia Chagas, acompanhada do vice, José Marcos Amaral e os advogados Flávia Viana e Lucas Nunes, diretora jurídica e procurador do Sindicato, respectivamente,  discutiu e reivindicou urgência na aprovação do PL.

Se aprovada pela Câmara Municipal, a nova Lei beneficiará os servidores municipais, pois cria o “incentivo ao aprimoramento da formação profissional, na forma do inciso XVI do artigo 29, será concedido a todo servidor efetivo, independente da escolaridade exigida para o cargo, um acréscimo de 10% (dez por cento) sobre o vencimento“.

Atento às solicitações da diretoria, o vereador Dudé explicou que o Projeto entrou em pauta para discussão e aprovação na sessão do ultimo dia 06/05, porém, o vereador Ivan Cordeiro (PSDB) pediu vistas ao mesmo. O presidente se comprometeu com a articulação para aprovação imediata e disse que dará seguimento à pauta.

“É muito positiva”, resumiu Dudé, sobre a reunião com os representantes do servidores. Ele lembrou que, também, foi funcionário público municipal e foi sindicalizado no Sinserv. Ao se comprometer com a “celeridade na aprovação” do PL 03/2021, o presidente disse que espera que o mesmo “seja logo devolvido para que seja votado e aprovado pela Câmara Municipal de Vitória da Conquista” e deixou clara sua posição: “o meu entendimento é sempre pelo trabalhador”.

Conheça o Projeto de Lei Nº 03/2021:

Confira a mensagem N° 004/2021 da Prefeita Ana Sheila Lemos Andrade ao Presidente da Câmara sobre o Projeto de Lei:

 

Morador reclama da falta de esclarecimentos sobre quem poderia se vacinar hoje, em Vitória da Conquista. Mas a prefeitura emitiu nota e informou que segue a Resolução n° 77 da CIB

O Blog foi procurado por um cidadão, de Vitória da Conquista, para relatar um fato que ocorreu no município, neste sábado (08). Segundo o homem, ele estava em um local de vacinação contra a Covid-19 com mais pessoas que não tinham sido orientadas se estavam mesmo no grupo prioritário ou não. Dessa forma, houve criação de filas, desde o fim da madrugada, e apenas quando foi às 9 horas da manhã que esses conquistenses estavam recebendo a orientação sobre quem sofre com hipertensão que poderia tomar a dose neste momento. Em resposta, a Prefeitura Municipal de Vitória da Conquista já emitiu uma nota de esclarecimento e afirma que segue as normas da “Resolução nº 77 da Comissão Intergestores Bipartite da Bahia (CIB)“.

De acordo com o leitor, muitas pessoas não foram esclarecidas ontem, através das redes sociais da prefeitura, sobre quem estaria incluso no grupo de vacinação de hoje. A Gestão Municipal, na sexta (07), divulgou a informação de que hipertensos e diabéticos, acima dos 40 anos de idade, já poderiam se vacinar neste fim de semana. O maior problema é em relação a quem tem hipertensão.

Mas, seguindo a informação divulgada pela prefeitura, ‘para comprovação, os portadores de hipertensão e diabetes devem apresentar relatório médico, receita médica ou cadastro de acompanhamento da Unidade de Saúde’. Nesse ponto, o leitor do Blog informa que faltou mais esclarecimentos. Devido a isso, ele conta que houve princípio de filas, nos postos de vacinação, e quando chegou o momento de se vacinar, muitos cidadãos tiveram a orientação de que precisariam estar tomando, no mínimo, 3 medicamentos.

Serra do Ramalho: Jovem desapareceu desde quarta-feira (05), ao sair de sua residência, na Agrovila XII

José Carlos Conceição Macedo, de 27 anos, morador de Agrovilas XII (12), município de Serra do Ramalho, está desaparecido, desde a última quarta-feira (05). Ele saiu de sua residência, por volta das 08 da manhã, com um short preto, sem boné, camisa de cavalgada por baixo, blusa clara por cima e com uma sandália simples.

Essa é a primeira vez que ele saiu de casa, onde mora com a mãe, e não disse para onde iria. Porém, segundo familiares, ele já sofreu com problemas relacionados ao álcool. Recentemente ele estava passando por um começo de depressão, mas mesmo assim sempre foi um rapaz tranquilo.

A família pede para quem souber do paradeiro dele, pode entrar em contato pelo celular (77) 999262420 ou pode ligar para a Polícia, no 190. Não precisa nem se identificar.

Conquista começa a vacinar trabalhadores da Educação e pessoas com doenças crônicas e condições especiais

A campanha de vacinação contra a Covid-19 será ampliada para a segunda fase, nesta quarta-feira (5), em Vitória da Conquista. Com 9.600 doses da vacina de Oxford/Fiocruz recebidas nesta terça-feira serão imunizados trabalhadores da Educação de 55 a 59 anos, e pessoas com doenças crônicas e condições clínicas especiais de 18 a 59 anos, incluindo, nesta etapa, apenas transplantados, pessoas com Síndrome de Down e Imunossupressão. Além disso, haverá a continuidade da vacinação dos idosos de 60 anos ou mais.

Para receber a primeira dose, os trabalhadores da Educação, que estão incluídos na faixa etária definida, deverão apresentar o contracheque de abril de 2021 e documento de identidade com CPF.

Já para as pessoas transplantadas, com Síndrome de Down e Imunossupressão, com idade entre 18 e 59 anos, é necessário apresentar relatório médico e/ou receita médica para uma destas doenças crônicas, além de documento pessoal com CPF.

Moradora de uma comunidade rural de Macaúbas reclama da Coelba pelo atraso na instalação da energia elétrica

O Blog recebeu uma reclamação referente a um serviço, ofertado pela Coelba (Companhia de Eletricidade do Estado da Bahia), que ainda não foi concluído. Uma moradora da Comunidade de Queimadas de Olho D´Água dos Barcelos, Zona Rural de Macaúbas, relatou para a equipe de reportagem que o Programa Luz Para Todos ainda não teve o trabalho encerrado pela empresa, naquele local. Ela informa que já se passaram quase 6 anos da data de início do projeto, no povoado, e até hoje não foi finalizada a obra.

De acordo com a leitora, no dia 12 de julho de 2015, funcionários da Coelba fizeram a colagem dos avisos nas portas das residências daquele lugar. Nesse papel impresso aparece o slogan do projeto, a descrição do ‘Orçamento Estimado’, a sigla ‘EXP’ com numeração ‘9002032993’ e a ‘Data de Levantamento’. Esta última é referente ao dia em que foi feita a fixação do papel.

Posteriormente, mais precisamente há 3 anos atrás, a empresa fez a medição dos locais, para instalação da energia elétrica. Além disso, os moradores fizeram um cadastro e a equipe responsável pelo serviço inseriu postes pequenos no território, que são como marcações. Cada objeto de madeira tem uma numeração. Segundo a agricultora, eles disseram que não iriam demorar para a finalização do trabalho.

Todavia, foi em 2021 que a empresa foi até a localidade para relatar uma nova projeção. De acordo com esse novo relato, em questão de 45 dias a energia estaria em funcionamento no lugar, pois iria fazer a instalação pela via mais próxima, no caso vindo da Comunidade de Olho D´Água.

Porém até agora, mais de 3 meses após esse último fato, não foi finalizada a obra.

A mulher diz que mora no Povoado há 29 anos e sofre muito sem energia elétrica. Além disso, não tem nem sinal de celular de qualidade, em determinados locais da comunidade.

Ela contou que já foi até a sede da Coelba em Macaúbas e o pedido da atendente foi que tentasse ligar para o número 116. Apesar de fazer a ligação, não foi resolvido o problema.

Segundo ela informa, os números de protocolos para o serviço são esses:

Empresário baiano desenvolve filtro anti-Covid para ar condicionados

Loyola Neto iniciou trajetória empreendedora no setor têxtil e contou com apoio do Sebrae em diversas áreas

A busca pela reinvenção em plena pandemia fez o empresário baiano Loyola Neto encontrar uma solução eficaz para ambientes fechados que possuem aparelhos de ar condicionado. Ele criou a startup Salvar, por meio da qual lançou um filtro capaz de reduzir 99,9999% a carga viral, incluindo o coronavírus, presente em ambientes fechados.

A própria sede da empresa, localizada no bairro do Uruguai, em Salvador, já indica a utilização do material, com um adesivo colocado no aparelho de ar condicionado, informando que o ambiente é seguro.

O filtro teve eficácia comprovada de até 80% na redução de fungos e bactérias. O acessório é de fácil uso e manuseio e pode ser instalado em praticamente todos os aparelhos. Seu funcionamento ocorre como uma barreira filtrante do fluxo de ar no ambiente que retém agentes infecciosos virais e bacterianos, controlando dessa forma a disseminação de partículas contaminadas através do sistema de climatização.

Urgente: Homem que está desaparecido em Riacho de Santana se chama Paulo e está com uma Certidão da Corregedoria dos Presídios, emitida no estado do Paraná

Nesta segunda (03), um homem chegou em uma comunidade de Riacho de Santana empurrando uma carriola. Ele está nessa região há muito tempo e não se sabe de onde veio. Segundo moradores, ele afirmou, ontem, que iria para Bom Jesus da Lapa, como informado pelo Blog.

De acordo com informações, ele se chama Paulo Pereira da Silva, de 62 anos. Com ele, foi visto uma Certidão, emitida no estado do Paraná, pela Corregedoria dos Presídios.

Nesse documento, mesmo já antigo e um pouco apagado, consta que ele é filho de Laercio Pereira da Silva. O nome da mãe não se sabe ao certo, devido o estado em que se encontra a certidão, mas tem como último sobrenome também “Silva”.

Conforme apurado, ele está de posse de outros documentos.