Blog do Cabral Jornalismo Diferente

2 feminicídios em Macaúbas, em 6 dias. Acusados de ambos os casos seguem foragidos

Em 6 dias do ano de 2021, o município de Macaúbas presenciou dois casos de feminicídio. Ambos os acusados dos crimes seguem como foragidos. Jailson José (popular Jailton) tirou a vida da própria esposa no dia 01 de Janeiro. De modo semelhante, um indivíduo conhecido como Yuri também não aceitou que sua companheira seguisse viva, esse último caso aconteceu nesta quarta (06). Familiares das duas vítimas estão desesperados em busca de justiça. Quem reconhecer o rosto de algum dos acusados e souber sobre o paradeiro do mesmo, comunique a polícia.

Jailson José passou a ser considerado acusado de tirar a vida da própria esposa, na primeira madrugada de 2021, (Relembre clicando aqui).

Esse caso gerou repercussão até na Rede Record de televisão, veja neste link: https://www.facebook.com/349981661783425/posts/3614099725371586/?app=fbl

Nesta última quarta (06), Yuri também se tornou acusado de fazer o mesmo, porém com a sua esposa. O crime aconteceu no começo da noite, no povoado de Queimadas, bem próximo da sede do município de Macaúbas. A jovem de 20 anos não resistiu à covardia de seu companheiro. A causa desse crime, como em diversos outros casos semelhantes, se baseia na tendência do homem se considerar como ‘dono’ da companheira.

Em ambos os casos, os acusados não aceitavam as atitudes de suas respectivas cônjuges e para reprimi-las, usaram ações fatais.

Agora, os familiares das duas vítimas pedem justiça e por isso divulgam as fotos dos foragidos. Dessa forma, qualquer informação, entre em contato com a polícia (190).

O Sistema Acarajé com Pimenta de Comunicação, na pessoa do editor da matéria, se solidariza com as famílias das vítimas, pede a Deus que dê um bom descanso eterno a elas e um conforto ao coração de cada ente querido.

Além disso, presta o serviço de alertar a todos de que se alguém souber de algum ato de violência contra a mulher, pode denunciar na “Central de Atendimento à Mulher – Ligue 180”.

E por fim, deixa claro que “ninguém é dono de ninguém, então nenhuma atitude de uma pessoa, seja homem ou mulher, irá justificar a morte da (o) mesma (o). Por essa razão, pedimos que cada um cuide de sua própria vida e tome decisões pela razão e não pela emoção”.

Veja a publicação no instagram. Curta e compartilhe.

Veja a publicação no Facebook. Curta e compartilhe.

As fotos das vítimas não foram divulgadas aqui nesta publicação em respeito as famílias.


Curta e Compartilhe.

Deixe um Cometário


Leia Também