Blog do Cabral Jornalismo Diferente

CNE aprova junção do calendário escolar 2020-2021 e ensino remoto até o fim do ano que vem

Foto: Divulgação da internet

O Conselho Nacional de Educação (CNE) aprovou o ensino remoto até o final de 2021, além da junção dos anos letivos e recomenda que as escolas não deem faltas nos alunos, durante a pandemia. Essa medida vai ser analisada pelo Ministério da Educação (MEC), após ter sido aprovada na noite desta terça (06) pelo Conselho.

A resolução permite que o ensino remoto aconteça nas escolas públicas e particulares até 31 de dezembro de 2021. Como em outras resoluções em período de crise, o CNE também não recomenda que alunos sejam reprovados em 2020 e, dessa forma, faz a sugestão de unir os anos letivos.

Segundo a Lei 14.040/2020, o CNE deveria dar as diretrizes para as instituições de ensino em decorrência da pandemia da Covid-19. Então, aprovar o ensino remoto até o final do próximo ano será a mais importante resolução nacional sobre o assunto, pois o MEC não se posicionou oficialmente.


Curta e Compartilhe.

Deixe um Cometário


Leia Também