Blog do Cabral Jornalismo Diferente

Dr. Ebenézer Fagundes traz uma mensagem eleitoral aos cristãos

VOTAR, EIS A QUESTÃO.
Através de meu voto exerço o poder e o direito de eleger pessoas que vão cuidar de nossas cidades, escolas, esgotos, segurança, saúde, velhos, crianças, etc… Os eleitos terão autoridade dada por mim para fazer com que vivamos bem e tranquilos.
Isso me faz ter muita responsabilidade na hora de votar, pois as consequências podem ser desastrosas se eu não votar bem.
Em quem votar? São tantos candidatos e quase todos, em sua maioria, se apresentam bem parecidos com cordeiros.
Eu tenho alguns princípios na escolha de meu candidato. Em primeiro lugar ele precisa ser alinhado com Deus; é necessário ser temente a Deus. Em segundo lugar, é importante conhecer um pouco de sua história, currículo e capacidade para o exercício do cargo. Em terceiro lugar, é fundamental o partido que ele está.
A questão do partido é muito relevante, pois cada partido tem sua ideologia e sua doutrina. Não posso votar em uma pessoa que está ligado ou coligado a um partido, cujas doutrinas são contrárias às doutrinas da Palavra de Deus. 
Você pode dizer que está votando na pessoa e não no partido. Seu voto é computado ao partido.
É difícil escolher em quem votar, mas é muito fácil saber em quem não votar. Se é de esquerda, comunista, socialista, ideologia de gênero, divide as classes brasileiras, aprova a prática de pecado de qualquer natureza, etc…, eu, como seguidor de Jesus, que confesso a fé no Evangelho do Senhor Deus, não posso de maneira alguma apoiar e votar.
Deus nos ajude a votarmos bem exercendo o bom discernimento de Cristo Jesus.
Por Ebenézer Fagundes, Diretor-presidente da Rádio Melodia FM.  

Curta e Compartilhe.

Deixe um Cometário


Leia Também