Blog do Cabral Jornalismo Diferente

Mulher morta, vítima de bala perdida no Terra Nobre, só foi para o assentamento após ter sido despejada da casa onde morava

Duas pessoas foram assassinadas na noite desta segunda-feira (6) no assentamento Terra Nobre, em Vitória da Conquista.

As vítimas identificadas como Adelmo de Jesus e Renilda Alves, foram encontradas mortas pela Polícia Militar. De acordo com a PM, após receber um chamado sobre tentativa de homicídio em um condomínio, os agentes realizaram rondas pelas proximidades e encontraram Adelmo e Renilda no chão. Eles foram atingidos por disparos de arma de fogo.

O Assentamento Terra Nobre ficou conhecido após a Prefeitura de Vitória da Conquista autorizar a derrubada de casas improvisadas no local, no dia 24 de junho, feriado de São João. As pessoas foram pegas de surpresa, às 5h da manhã, com o barulho das máquinas. Alguns barracos foram derrubados e algumas famílias perderam alimentos, roupas, e até relataram que animais domésticos morreram no local.

Renilda Alves foi uma das moradoras do assentamento que teve o seu barraco demolido. Na época, ela chegou a dar entrevista à TV Sudoeste sobre a situação. Renilda afirmou que precisou ir morar no local, após ter ficado doente e não poder mais trabalhar. Sem renda, ela não conseguiu mais pagar o aluguel de sua casa.

“Eu adoeci e não pude mais trabalhar e pagar aluguel, a dona pediu a casa, eu saí e vim para aqui”, disse Alves na entrevista à TV Sudoeste logo após a demolição da sua casa no assentamento.

A dona de casa se apoiava em andador, para conseguir se locomover, devido a um problema na coluna. Na reportagem, ela havia contado que sobraram apenas o colchão e apenas algumas roupas dos seus pertences, após a ação da prefeitura.

Renilda era uma das várias pessoas que foram morar no Assentamento Terra Nobre após terem perdido o emprego. As famílias ocuparam o terreno e construíram as casas feitas de madeira e papelão. Mesmo após a demolição de parte das casas, os moradores continuaram no local e reergueram as casas derrubadas. Eles também utilizam a terra para a plantação de hortaliças.

Renilda Alves pode ter sido vítima de bala perdida. Uma equipe do Instituto Médico Legal (IML) esteve no local e realizou a remoção dos corpos.

Fonte: Blog do Sena


Curta e Compartilhe.

Deixe um Cometário


Leia Também