Blog do Cabral Jornalismo Diferente

Na luta pelos direitos sociais, Ildes Lança candidatura para concorrer à Câmara Municipal

Ildes é candidata a vereadora, pelo Partido Trabalhista Cristão (PTC), Nascida na zona rural de Vitória da Conquista, no Povoado de Roseira, Distrito de José Gonçalves, onde foi criada. Ela nasceu cega de um dos olhos e aos cinco anos sofreu um acidente que a atingiu o outro olho, com o qual enxergava perfeitamente, deixando-a totalmente cega.

A candidata a vereadora é massoterapeuta e estudante do curso de Letras Modernas, da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB), onde não conseguiu concluir por total falta de apoio ao deficiente visual na instituição de ensino superior. É mãe de dois filhos um menino de 12 anos e uma menina de 10 anos.

Para Ildes, os obstáculos não foram motivo para desistir “eu não parei a luta, continuo lutando e quando percebo que há algo importante, um objetivo especial, eu não desisto e novamente vou à luta”.

Na Câmara Municipal, ela quer fazer valer os direitos de todos os cidadãos conquistenses, “hoje quero fazer mais pelas pessoas do meu Município, para que não passem o que passamos eu e minha família, nos hospitais, nas escolas, nas faculdades, nas ruas, enfim, quero fazer valer a Constituição e leis do nosso país, garantindo os direitos previstos a quem não tem voz, legislando em favor de novos direitos.

E ressalta “quero uma vida mais fácil para todos, que vivam com dignidade, não somente as pessoas que nascem sem deficiência, mas principalmente aquelas que, para estarem em pé de igualdade, precisam ser vistas e tratadas, na medida de sua desigualdade”.

Para isso, ela conta com o apoio da população para ajudá-la a ocupar o cargo, nas eleições de novembro de 2020, “me dê a sua mão e lutaremos juntos para alcançarmos esse objetivo, que não é fácil, mas, com muita garra, mostraremos que não existe limitação suficiente capaz de nos parar. Existe sim força de vontade para vencer qualquer barreira. Eu sou capaz de representá-los bem e darei prova disso”.

“Vamos fazer a diferença e vamos lutar para que a inclusão e acessibilidade aconteçam de verdade, como deve ser. Vamos lutar juntos pelo direito de ir e vir e os direitos das pessoas com deficiências. Conto com seu apoio! Somente com ele, podemos mudar as coisas para melhor”, Conclui.


Curta e Compartilhe.

Deixe um Cometário


Leia Também