Blog do Cabral Jornalismo Diferente

O Flamengo anunciou a saída do técnico Renato Gaúcho, que não comanda mais o time após a derrota na decisão da Conmebol Libertadores

Renato Gaúcho não é mais técnico do Flamengo. O anúncio foi feito nesta segunda-feira (29). Mesmo com ainda um mês de contrato com clube, o treinador teve sua saída antecipada após a final da Conmebol Libertadores contra o Palmeiras, onde o Rubro-Negro foi superado por 2 a 1 no Uruguai.

A reta final da temporada 2021 será comanda pelo auxiliar Maurício Souza, que faz parte da comissão permanente no Ninho do Urubu.

A saída do treinador era esperada nos bastidores desde Montevidéu, quando o ambiente após a derrota na Libertadores foi de comoção. Renato ficou bastante emocionado, chorou e usou palavras como se estivesse se despedindo dos jogadores.

Segundo apuração da ESPN, a demissão do técnico era discutida pela alta cúpula da diretoria flamenguista já após o resultado no Estádio Centenário.

O ex-atacante foi anunciado pelo Flamengo em 10 de junho, poucas horas após a demissão de Rogerio Ceni, e tinha a missão de reconduzir o clube da Gávea ao topo da América, além de buscar o tricampeonato brasileiro, igualando o feito do São Paulo de Muricy Ramalho.

Os resultados, no entanto, não apontaram para este caminho. Eliminado pelo Athletico-PR na Copa do Brasil, competição que poderia garantir ao cofre do clube uma das premiações mais importantes da temporada, o Flamengo foi derrotado pelo Palmeiras na final da Libertadores e praticamente deu adeus ao título do Brasileirão, que deve ficar com o Atlético-MG.

Renato Gaúcho chegou ao Flamengo admitindo estar realizando uma meta na carreira como treinador, mas nunca se mostrou unanimidade entre os torcedores. O técnico esteve à frente da equipe em 37 jogos, com 24 vitórias, oito empates e cinco derrotas.

Fonte: ESPN

 


Curta e Compartilhe.

Deixe um Cometário


Leia Também