Blog do Cabral Jornalismo Diferente

Prefeitura instala monitores que vão mostrar previsão de chegada e saída dos ônibus na Estação Herzem Gusmão

Em breve, os usuários do transporte coletivo de Vitória da Conquista contarão com um novo serviço na Estação Herzem Gusmão: monitores vão mostrar as previsões de horário de chegada e saída dos ônibus de cada linha. O sistema, semelhante ao encontrado em rodoviárias de capitais e em aeroportos, começou a ser instalado e está em fase de implantação da rede elétrica e alimentação dos dados.

Inicialmente, serão 12 monitores nos dois lados da plataforma alimentados com dados do GPS já implantado em 100% da frota. Os displays com informações dos horários fazem parte das ações que buscam a melhoria e agilidade do transporte coletivo e o conforto para os usuários.

O sistema de transporte coletivo de Vitória da Conquista já conta com o Centro de Comando Operacional (CCO), responsável pelo domínio e rastreamento de todos os veículos do transporte e a adoção do aplicativo CittaMobi, no qual o passageiro pode ver o horário dos veículos em tempo real, a previsão de chegada ao ponto e as melhores rotas para o seu deslocamento.

Segundo o coordenador de Transportes da Secretaria Mobilidade Urbana (Semob), Sérgio Hubner, “essas novidades compõem o pacote de inovações para atender cada vez melhor aos usuários e visando para preparar o sistema de transporte público para o processo licitatório”, disse Hubner.

Passagem mais barata

No dia 10 de setembro do ano passado, a prefeita Sheila Lemos assinou decreto reduzindo a passagem de R$ 3,80 para R$ 2,00,para pagamento com os cartões BEM Vale-Transporte e BEM Simples, e R$ 2,50 quando em dinheiro. A redução promocional vigorará até a homologação da nova licitação prevista para os próximos meses.

Segundo a prefeita, a decisão de diminuir a tarifa do transporte coletivo urbano levou em consideração que a população usuária desse meio de transporte ainda enfrenta grandes dificuldades, resultado da pandemia.

Tomando como exemplo uma pessoa que precise pegar dois ônibus por dia, com a redução promocional da tarifa, em 25 dias no mês, a pessoa deixaria de gastar R$ 90,00 por mês ou R$ 1.080, por ano, quase um salário mínimo. Se o exemplo for uma pessoa que pega quatro ônibus por dia, a economia seria de quase dois salários. É como se a medida da Prefeitura garantisse um 13º para o usuário do transporte coletivo urbano.

 


Curta e Compartilhe.

Deixe um Cometário


Leia Também