Blog do Cabral

Sinserv homenageia os Garis da cidade em seu Dia (16/05)

“É uma questão de percepção e o Sinserv tem o olhar constantemente aberto e voltado para esta categoria”, afirmou Lúcia Chagas, presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais sobre os garis, nome popular concedido aos agentes de limpeza pública.

Nesta segunda (16/05) é comemorado o Dia Nacional do Gari, que nem sempre é lembrado pela sociedade, mesmo sendo uma figura diariamente presente na rotina de todos pelas ruas da cidade. “Independente da omissão social em torno da importância deste profissional que realiza a higienização da cidade e garante sua limpeza, nós ressaltamos o quanto esses homens e mulheres servidores são imprescindíveis para uma cidade limpa, bonita e sem doenças”, destacou o vice-presidente do Sinserv, José Marcos Amaral.

O diretor Herbert Conceição ressalta que “a invisibilidade do gari é uma questão sociológica a ser analisada, já que o papel do limpador de rua é tão importante e eficaz para a saúde pública e mesmo com o profissional usando roupas chamativas, não consegue ser visto como um operário do meio ambiente e, não bastasse, ainda sofre forte preconceito”.

Lúcia comparou a visão relacionada ao profissional gari como a obra do artista Alan de Kard, Monumento ao Gari, erigido entre as avenidas Integração e Brumado e entregue à cidade em 04 de novembro de 2019. “Infelizmente quem olha, mesmo de frente, não visualiza a importância, mas se for mudando o ângulo, ou o modo de vê-lo, alcança a visão e se valoriza a figura do profissional”.

A dirigente sindical deixou claro que o Sinserv não faz distinção entre os servidores, e os garis são tão importantes ou mais que todas as outras categorias que trabalham no serviço público. “Inclusive, nos reunimos para discutir a valorização dos garis, cobrando dentre outras demandas, a equiparação da insalubridade de 40% para todos os profissionais, além de reivindicar condições de trabalho dignas, por exemplo, quanto ao uso de EPI’s”, explicou.

“Nós homenageamos esses homens e mulheres guerreiros, em cuja dignidade repousa a limpeza da rua que moramos e trabalhamos, viva o gari”, concluiu Chagas.

Fotos Bad e BDA


Curta e Compartilhe.

Deixe um Cometário


Leia Também